Enquanto isso no estúdio…

Yellowcard no estúdio é sempre bom. Diferente de muitas bandas que somem durante o processo de gravação, Ryan Key, Mendez e Sean fazem questão de dividir esse momento com o público.

Durante as horas enfurnados na sala do Neal Avron, os caras vão ao ar – sem som que é para aumentar a curiosidade, claro! –  e passam o dia atrás da câmera trabalhando, assistindo jogos de hockey ou conversando com os fãs. Aliás, muitas informações sobre o disco novo são reveladas nesses intervalos em que os integrantes do grupo participam do chat.

1907303_632610280143953_4431415052096422762_n

Na semana passada, Ryan Key contou que Lift A Sail é o título de uma das músicas. Ele também disse que serão mais de dez faixas no total.

Sobre o estilo adotado para esse disco, Ryan Mendez afirmou haver mudanças. A ideia é que se perceba mais rock do que punk e, por isso, não devem entrar músicas de ritmo rápido como Five Becomes Four ou Rivertown Blues, por exemplo. Uma das canções, por sinal, tem um estilo meio parecido com Jimmy Eat World e Death Cab For Cutie.

No momento, as partes designadas à bateria já foram gravadas por Nate Young, baterista do Anberlin. Ah, e é Nate quem deve acompanhar o YC durante os shows da Warped Tour. Mas as participações não param por aí. Outro artista de uma banda conhecida deve dividir o palco com os caras.

Informações sobre o CD novo:

- Neal Avron é novamente o produtor

- Nenhuma faixa está completa (apenas parte de cada uma delas)

- LP não teve nenhuma participação na gravação

- Josh, baixista, também não está no estúdio

- Mais de 10 faixas

- Estilo mais rock do que punk

- Uma música se chama Lift A Sail

- Lançamento será no outono (nos Estados Unidos)

 

Por Mariana Guido (@ycmari

 

About The Author